Inter perde para o Cuiabá e desperdiça chance de entrar no G6

O Inter mais uma vez desperdiçou a chance de entrar no G6 do Brasileirão. Jogando mal e sendo dominado durante toda a partida, o Colorado foi superado por 1 a 0 pelo Cuiabá, na noite desta quarta-feira, na Arena Pantanal, e segue fora da zona de classificação para a Libertadores. O resultado mantém a equipe do técnico Diego Aguirre com 47 pontos, na sétima colocação, distante dois do Fortaleza.

Devagar e aceitando a imposição do Dourado, que briga na parte de baixo da tabela e jogava em casa, o time de Aguirre viu Elton, de pênalti, marcar o único gol do jogo no segundo tempo.

Luz caí, volta, mas Inter não liga

A postura colorada não foi boa na primeira etapa na Arena Pantanal. Deixando a bola com os donos da casa, o Inter viu o Cuiabá pressionar – mais em volume, do que em chances de gol – e controlar a posse. Aos 5, o lateral João Lucas fez boa jogada na direita da área e rolou para o meia Clayson, que chutou firme para o corte do zagueiro Bruno Méndez.

Clayson, aliás, era o mais acionado do ataque do Dourado. Com bastante movimentação, levou vantagem sobre o lateral Saravia em diversos lances, apesar de pouco finalizar no gol. Aos 19 minutos, os refletores do estádio se apagaram e o jogo ficou paralisado por 9 minutos.

Na retomada, o panorama da partida pouco mudou. Novamente Clayson, agora com mais agressividade, recebeu nas costas da zaga e chutou da entrada da área levando perigo para o goleiro Marcelo Lomba. Figurante no ataque, o Inter conseguiu arrancar um “Uh” tímido de seu torcedor – e foram muitos colorados da região nas arquibcandas – nas bolas pelo alto. O centroavante Yuri desviou aos 39 no meio do gol de Walter depois de cruzamento de Paulo Victor na esquerda

A oportunidade mais “clara” aconteceu aos 50 minutos e foi para os donos casa. O ponta Max cruzou para a área, a bola cruzou todo o campo e chegou para o meia Rafael Gava soltar uma bomba na direita de primeira. Lomba fez bela defesa no chão e garantiu o 0 a 0 para o vestiário.

Melhora insuficiente

O rendimento ruim na primeira metade do jogo fez com que o técnico Diego Aguirre mudasse no intervalo. Direto da Seleção Brasileira, o meia Edenilson entrou na vaga de Caio Vidal. A alteração fez com que a postura colorada fosse mais ofensiva. Aos 10, o meia cruzou cheio de estilo e Patrick apareceu para desviar e arrancar um “Uhh” da galera, mas sem tirar o zero do placar.

A resposta dos donos da casa foi imediata. O zagueiro Paulão deu um lançamento de camisa 10 e achou Clayson na cara de Lomba. Por sorte, o meia isolou o chute por cima do gol. Paulão, novamente tentou um lance plástico. Desta vez, de bicicleta mandou no meio do gol.

Com Edenilson, o time colorado ganhou em criatividade e em ambição. Em sequência, o meia finalizou de fora da área e assustou o time mato-grossense. Apesar dessa sensível melhora, o Inter foi castigado em seguida. Felipe Marques recebeu na direita da área e cruzou. A bola bateu na mão de Johnny. Pênalti, que Elton cobrou sem chances para Lomba.

Em desvantagem, o Colorado foi para o ataque. Aos 28, quase o empate. Matheus Cadorini, que entrou na vaga de Johnny, ajeitou para Patrick chutar fraco à direita do gol de Walter. Com o passar do relógio, foi desespero e desorganização até o final. Apesar da imposição, o Inter não conseguiu uma chance efetiva de gol e amargou a derrota.

Campeonato Brasileiro – 32ª rodada

Cuiabá 1 

Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Max (Felipe Marques) e Pepê; Camilo, Rafael Gava (Yuri Lima) e Clayson (Anderson Conceição); Jenison (Elton). Técnico: Jorginho.

Inter 0

Marcelo Lomba; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Mercado e Paulo Victor (Lara); Rodrigo Dourado e Johnny (Matheus Cadorini); Caio Vidal (Edenilson), Palacios (Juan Cuesta) e Patrick; Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Elton (23min/2°T)
Cartões amarelos: Paulo Victor (Inter)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes:  Rafael Trombeta e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (G0)
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data e hora: 17 de novembro, quarta-feira, 19h.

voltar
© Copyright 2019