Inter perde para o Palmeiras por 1 a 0 e volta à zona de rebaixamento

A natural derrota do Inter por 1 a 0 para o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, combinada com a virada do Vitória sobre o Atlético-PR, recolocou o time de Celso Roth no Z-4. E serão pelo menos 11 dias na zona de rebaixamento, uma vez que a próxima rodada, contra a Ponte Preta, no Beira-Rio, será somente no próximo dia 17.

Sob intensa chuva, o Inter encarou o Palmeiras e o Allianz Parque com grande público, além de uma torcida que parece contar os dias ansiosamente para conquistar o Brasileirão. Com Anderson e William armando as principais jogadas de ataque, a equipe de Celso Roth tentava surpreender os donos da casa.

Mas isso deu certo somente até os 16 minutos, quando a fase do Inter parece ter virado uma vez mais. O árbitro Péricles Bassols marcou um escanteio, depois de uma dividida entre Mina e Paulão. Dudu cobrou bem aberto, para Thiago Santos, que cabeceou para o meio da área, onde o ex-colorado Cleiton Xavier estava cara a cara com Danilo Fernandes, para desviar a marcar o gol paulista.

Com o 1 a 0 contra, o Inter demorou a se reencontrar. O Palmeiras passou a dominar as ações e raramente alguém vestindo vermelho era visto na área adversária. O primeiro tempo correu para o final com apenas mais uma chegada colorada, a cobrança de falta de Alex, à direita do gol, e com uma defesa elástica de Danilo Fernandes. Em nova cobrança de escanteio de Dudu, o zagueiro Vitor Hugo parecia um canguru saltando muito acima de Ernando e cabeceando para marcar o 2 a0, que foi impedido pela grande intervenção de Danilo.

No segundo tempo, com Sasha no lugar de Ceará, o Inter tentou a reação. Aos oito minutos, Geferson lançou Anderson às costa da defesa. O camisa 8 correu todo o campo de ataque acossado por três marcadores, invadiu a área e mandou uma bomba. Para fora. O Inter parecia próximo do empate, ainda que concluindo mal.

Sem força ofensiva para empatar, Celso Roth tentou a última cartada: Valdívia. Resultado: quase nenhum. O Inter perdeu de novo. O Inter do Brasileirão joga bem menos que o Inter da Copa do Brasil.

BRASILEIRÃO — 34ª RODADA — 6/11/2016

PALMEIRAS
Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos (Gabriel, 36'/2°), Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Fabiano, 15/2°); Dudu, Róger Guedes (Alecsandro, int.) e Gabriel Jesus.
Técnico: Cuca

INTER
Danilo Fernandes; Ceará (Sasha, int.), Ernando, Paulão e Geferson; Rodrigo Dourado, Anselmo, Anderson, William e Alex (Valdívia, 28'/2°); Aylon (Diego, 15'/2°).
Técnico: Celso Roth

Gol: Cleiton Xavier (P), aos 16min do 1º tempo
Renda: R$ 2.112.466 / Público: 31.967 pagantes
Arbitragem: Péricles Bassols (Fifa), Clóvis Silva e Cleberson Leite (trio pernambucano)
Local: Allianz Parque, em São Paulo

PRÓXIMO JOGO – BRASILEIRÃO
INTER X PONTE PRETA

Quinta-feira, 7/11/2016, 21h

voltar
© Copyright 2019