Investimento em policiamento no RS caiu 30% em um ano

O Rio Grande do Sul diminuiu em 29,6% o investimento em policiamento entre os anos de 2014 e 2015. Os dados são do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O valor que era de R$ 316,4 milhões passou para R$ 222,8 milhões no último ano. 

Em comparação com os demais estados e o Distrito Federal, o RS é o sétimo que apresentou maior redução percentual. Foi justamente o Distrito Federal que teve a maior redução no mesmo período, um valor de 72,5%, caindo de R$ 91,3 milhões para R$ 25,1 milhões. 

Em números absolutos, o Rio Grande do Sul é o 14º em investimento, atrás de estados como Acre, Rondônia e Sergipe. O que mais investiu foi São Paulo: R$ 9,6 bilhões. Já a Bahia apresentou um crescimento de 547%, indo de R$ 513 milhões para mais de R$ 3,3 bilhões. 

Na avaliação do sociólogo e membro do Fórum de Segurança Pública Rodrigo de Azevedo, apesar de os dados serem de 2015, a situação atual é um reflexo de uma curva decrescente do investimento em segurança.

"O Rio Grande do Sul já se encontrava, em 2015, numa situação menos favorável em relação à curva da criminalidade, que já apontava um crescimento bastante significativo, quanto em relação a redução no investimento. Então o que nós estamos vendo hoje aqui no Estado, é na verdade, uma continuidade daquilo que os dados do ano de 2015 demonstram", explica. 

Ainda de acordo com o sociólogo, o RS está indo na contramão do que os demais estados, em geral, estão fazendo, que é aumentar o investimento em policiamento. Na soma total, o item recebeu um aumento de 16,9%. 

Municípios

Os dados mostram também o investimento de municípios em segurança pública. Os gastos de todas as cidades totalizaram R$ 4,4 bilhões. Entre 1998 e 2015, os municípios aumentaram o valor investido em 394%

Roubo de veículos

Os dados apresentam também índices de criminalidade. Em todo o Brasil, um veículo é roubado ou furtado por minuto. Na categoria roubo de veículos, Porto Alegre foi a capital brasileira que registrou a maior taxa no ano de 2015.

A cada 100 mil carros, 1.115,7 foram roubados na cidade. A segunda capital é Salvador, com um índice de 773 carros roubados a cada 100 mil.  

Na categoria furtos, Porto Alegre ficou em terceiro lugar, atrás de Porto Velho e São Paulo.

Contraponto

A Secretaria de Segurança Pública está analisando os dados e deve se manifestar no final da tarde desta quinta-feira.

GAÚCHA

  •  

voltar
© Copyright 2019