JBS entrega mais documentos e gravações à Procuradoria-Geral da República

Os proprietários do grupo J&F, que controla a JBS, entregaram mais documentos e áudios à Procuradoria-Geral da República para complementar à delação feita pelos executivos da empresa. Parte do material explica como deve ser analisada a planilha que o diretor Ricardo Saud entregou como a relação de doações a mais de 1,8 mil políticos.De acordo com o Estadão,  a documentação mostra o que foi decorrente de corrupção e o que foi destinado a caixa 2. Foram entregues também papéis sobre contratos feitos com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e que indicariam gestão fraudulenta nas operações.

Novos áudios feitos por Joesley Batista também foram entregues. Na perícia feita pela Polícia Federal no gravador do empresário, ficou evidente que arquivos haviam sido apagados.

GAÚCHA

 
voltar
© Copyright 2019