Jean Pyerre não tem prazo para retornar aos gramados

Uma grave lesão muscular na coxa direita, sofrida no dia 20 de setembro, deixou o meia Jean Pyerre afastado da parte final da temporada passada. E a ausência dele nos treinos neste início de pré-temporada gerou questionamentos. O principal deles é se o jogador terá condições de estrear quando a equipe principal for utilizada. O médico Paulo Rabaldo explicou a situação atual do meio-campista, que não tem prazo para retornar aos gramados.

“Por ter ficado muito tempo parado, o Jean Pyerre teve um grau de atrofia na perna lesionada e está fazendo um trabalho específico para equilibrar a musculatura”, destaca Rabaldo. “É que nem um carro, que necessita de geometria. O Jean Pyerre apresentou uma assimetria que precisa ser corrigida. O lado lesionado ficou um pouco atrofiado. Inclusive estamos tendo que segurá-lo, porque ele quer ir para o campo”, contou o médico do Grêmio.

No momento, não há um prazo estipulado para que Jean Pyerre fique à disposição da comissão técnica e faça os mesmos treinamentos dos demais. “Não vamos falar em tempo, nós estamos fazendo medições, ele tem que suprir a necessidade mínima de simetria”, acrescentou Paulo Rabaldo. “Nós temos a ciência a nosso favor. Por mais que o jogador tenha vontade ir para o campo, ele tem que estar em perfeitas condições”, finalizou o médico.

O Grêmio terá os reforços do zagueiro Rodrigues, do volante Darlan e do meia Patrick na decisão da Recopa Gaúcha. Todos estavam trabalhando com o grupo principal, mas desde ontem passaram a treinar com o time de transição em Eldorado do Sul. A equipe será comandada pelo técnico Thiago Gomes. O Tricolor deve alterar o planejamento para o início do Gauchão. A ideia de escalar o time principal na terceira ou quarta rodada pode não acontecer. A estreia seria já no jogo inaugural.

Fonte: Correio do Povo

voltar
© Copyright 2019