Ligações sem o nono dígito à frente do número de celular não serão completadas a partir de quarta-feira

A partir de quarta-feira, 16 de novembro, as ligações com oito dígitos para celular não serão mais completadas no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná. Desde o dia 6 deste mês, a inclusão do algarismo 9 antes do número de celular passou a valer na Região Sul, que foi a última do país a ter o sistema implementado. Quem ainda não atualizou a agenda do celular só conseguirá fazer ligações com oito dígitos até o dia 15. Depois, as chamadas serão interrompidas e uma mensagem solicitando o nono dígito é informada ao usuário.A mudança foi estabelecida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por meio de uma resolução de 2010. O objetivo é aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular. Os números residenciais não sofrem alteração. O acréscimo do nono dígito às linhas móveis permite que as possibilidades de variações de números salte de 37 milhões para 90 milhões, uma vez que os números 2, 3, 4 e 5, que em posição inicial são restritos a linhas fixas, podem também ser usados na segunda casa dos números de celular.Para os usuários que têm celulares mais antigos, nos quais não é possível baixar aplicativos, e em aparelhos com sistema operacional Windows Phone, um dos maiores desafios, e talvez o único incômodo, será atualizar a lista de contatos do celular manualmente. Já quem que tem smartphone iOs ou Android, pode acrescentar automaticamente o nono dígito à agenda telefônica por meio de apps gratuitos.

voltar
© Copyright 2019