Mais de 1.950 famílias estão fora de casa na Fronteira Oeste

Mais de 1.950 famílias estão fora de casa na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul devido a cheia dos rios. Até essa sexta-feira (25), eram 1.730 conforme aDefesa Civil da região.

O coordenador na região, major Rinaldo da Silva Castro, destaca que os municípios com a situação mais complicada são Uruguaiana, com 340 famílias fora de casa; Alegrete, com 276; Rosário do Sul, com 84, e Barra do Quaraí, com 34.

O número de municípios atingidos subiu para 40. Apesar de a chuva ter diminuído, o major afirma que a situação pode piorar em áreas com rios que têm o nível da água ainda subindo. É o caso do Rio Quaraí, que começa a baixar em Quaraí, mas aumenta em Barra do Quaraí. O Rio Uruguai também tem pontos com nível subindo, assim como o Ibirapuitã, em Alegrete; o Ibicuí, em Uruguaiana, e o Santa Maria, em Rosário do Sul.

A Defesa Civil está prestando ajuda humanitária aos municípios que solicitam esse auxílio. São distribuídos itens como cestas básicas e kits de limpeza e higiene. O órgão estadual afirma que tem estoque desses materiais.

O major orienta que quem quiser ajudar deve buscar contato com cada prefeitura, que mobiliza nos seus municípios a arrecadação de doações. Outra forma é entrar em contato com o número 199, da central em Porto Alegre, que faz o encaminhamento.

GAÚCHA
 
voltar
© Copyright 2019