Ministério da Saúde comunica adiamento da chegada da vacina da Janssen

O Ministério da Saúde comunicou nesta segunda-feira (14) que a entrega dos 3 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da Janssen, desenvolvida pela Johnson & Johnson, será adiada. No sábado (12), o ministro Marcelo Queiroga informou, durante coletiva de imprensa, que as vacinas chegariam ao Brasil nesta terça-feira (15). O anúncio foi feito depois que a agência reguladora dos Estados Unidos, a FDA, autorizou a exportação das doses.

Em nota distribuída à imprensa no início da tarde, no entanto, a pasta disse que nenhuma entrega está prevista para amanhã e que aguarda a confirmação da data de envio por parte do laboratório. A expectativa, conforme o governo, é de que o carregamento chegará ainda nesta semana ao país, em três remessas diferentes.

vacina da Janssen é a única aprovada no Brasil que será aplicada em dose única. A previsão é que o imunizante comece a ser distribuído aos Estados em 48 horas a partir da chegada. As doses que estão a caminho estão próximas à data de validade originalmente estipulada. O prazo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é de três meses, mas os técnicos do órgão analisam a possibilidade de ampliar para quatro meses e meio.  Nos Estados Unidos, a decisão de estender a validade foi aprovada pelo FDA na última quinta-feira (10).

Gaúcha ZH

voltar
© Copyright 2019