Ministério Público Eleitoral contesta 680 candidaturas no Estado

Por Mateus Ferraz

Após 17 dias de campanha, o Ministério Público Eleitoral gaúcho já contestou680 candidaturas no Estado. A partir da impugnação, cabe à Justiça decidir se haverá alguma tipo de sanção ao postulante a cargo público. Essa situação atinge 632 candidatos a vereador e 48 aos cargos de prefeito ou vice.

Entre o total de impugnações, 38 foram motivadas por condenações criminaisdos candidatos, 11 por improbidade administrativa e quatro por penas eleitorais, além de 24 que tiveram contas rejeitadas. Os 604 demais casos ocorreram por motivos diversos, como ausência de desincompatibilização de cargo ou função, ausência de quitação eleitoral, domicílio eleitoral, filiação partidária, entre outros.

voltar
© Copyright 2019