Mulher é vitima fatal de dengue hemorrágica em Santo Ângelo

Uma idosa de 71 anos de idade morreu por dengue hemorrágica no município de Santo Ângelo. O anúncio foi feito pelo Secretário de Saúde de Santo Ângelo Dr. Luis Cavalheiro na manhã desta sexta-feira, dia 03.

Segundo Cavalheiro, a paciente foi internada no Hospital Santo Ângelo no dia 21 de março e foi a óbito na última semana.

Santo Ângelo segue em alerta também em relação a dengue. Em boletim atualizado na quinta-feira, 02, pela 12ª Coordenaria Regional de Saúde a cidade já registra 70 casos confirmados. São mais 120 exames aguardando resultados do Lacen/RS.

Em toda a área de abrangência da 12ª CRS são 195 casos confirmados de dengue em 2020. O município com o maior número de casos é Cerro Largo que atingiu 111 notificações.

Os principais sintomas da dengue: febre alta (38.5ºC), dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

Podem surgir manifestações clínicas (sinais de alarme) correspondentes a uma complicação da doença potencialmente letal chamada dengue grave (conhecida anteriormente como dengue hemorrágica), que aparecem devido ao aumento da permeabilidade vascular e da perda de plasma, o que pode levar ao choque irreversível e à morte.

Confira os numeres de dengue da 12ª CRS:

Cerro Largo: 111

Santo Ângelo: 70

Guarani das Missões: 5

Dezesseis de Novembro: 1

Rolador: 1

Salvador das Missões: 2

São Luiz Gonzaga: 1

São Pedro do Butiá: 2

Ubiretama: 1

Postado por Paulo Marques

Fonte: Rádio Cidade SA

voltar
© Copyright 2019