Mulher perde R$ 10 mil reais em conto do bilhete em Santo Ângelo

Uma mulher de 62 anos é a mais nova vítima do bilhete premiado em Santo Ângelo. Informações da Polícia Civil são de que se trata de uma professora que teria abordada por dois homens próximo da Igreja do Relógio. Durante uma conversa com os suspeitos, a professora recebeu a proposta de comprar o bilhete premiado além de fazer dois saques em diferentes agências do Sicredi para pagar a compra. Segundo a ocorrência, no primeiro saque a professora retirou da conta R$ 6 mil e no segundo, R$4 mil reais. Ao final da negociação a vítima entregou cinco pulseiras de ouro para os suspeitos, e os brincos que usava. A vítima foi conduzida, em um veículo até a Caixa, para sacar o dinheiro do bilhete. A dupla prometeu estacionar o veículo e ir ao seu encontro. O que não aconteceu. Quando ela chegou ao caixa ficou sabendo que os bilhetes eram falsos e não havia prêmio algum.

Grupo Sepé

voltar
© Copyright 2019