Musto vê volantes com características diferentes e pede tempo para entrosamento

Dois dias após a polêmica que tomou conta das redes sociais e dos programas de debates esportivos pelo empate em 1 a 1 com a Universidad do Chile, o volante Musto foi o jogador escolhido pela assessoria de imprensa para conceder a entrevista coletiva antes do treino fechado do Inter nesta quinta-feira. E o argentino discordou daqueles que observam que a equipe colorada tem quatro volantes que atuam da mesma forma e destacou a função de cada um deles.

“O mais defensivo de todos sou eu e o trabalho para de liberar os laterais, que são importantes e que vão bem ao ataque também. Em respeito aos volantes, estamos atuando com Lindoso, Ed e Patrick. A dinâmica que nós damos, em especial, o Edenilson e o Patrick, que jogam adiantado, é muito importante. Tanto no ataque como na defesa”, revelou.

O defensor destacou ainda qual é a função do criticado Rodrigo Lindoso. “Na partida contra La U, as chances mais claras foram com o Ed, pela qualidade que tem de chegar ao ataque e pisar na área, como pede o Chacho (Eduardo Coudet). A minha função é da saída de bola da defesa e estar perto deles. Além de permitir que Rodrigo tenha mais liberdade e ser apoio do resto da equipe”, acrescentou.

Ao ser questionado se o grupo estava conseguindo assimilar as orientações de Eduardo Coudet, o volante garantiu que todos estão dispostos a seguir os pedidos do treinador argentino. “Sempre a metodologia de trabalho, sobretudo no começo, é difícil de implementar. É outro país, onde é difícil começar e convencer os jogadores. Me surpreendeu como eles estavam abertos e absorveram rápido, nos poucos dias que tivemos de treinamentos, que também serviu para trabalhar a parte física. Ela é muito importante para a forma de jogar que pretende o treinador”, garantiu.

Quatro semanas depois de iniciar a temporada e disputar três partidas com o time principal, Musto vê o time em formação e acredita que ele pode dar bons frutos. “À medida que vamos avançando (o tempo) e jogando, vamos tratar de crescer e jogar melhor. Creio que temos muitíssimo para melhorar e automatizar os movimentos, sobretudo, com a perda da bola. Ao mesmo tempo, mesmo com pouco tempo, a ideia está clara e estamos convencidos de que o caminho também. A ideia é ser protagonista em todas as partidas e viemos demonstrando que estamos tentando fazer. Estamos trabalhando para que seja cada vez mais fluído e joguemos melhor”, concluiu.

O Inter treina na sexta-feira, às 17h30min, novamente no CT do Parque Gigante. No sábado, enfrenta o Novo Hamburgo, no estádio Beira-Rio, às 17h, pela última rodada da fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

voltar
© Copyright 2019