Na luta contra o rebaixamento Inter enfrenta Corinthians na busca pela vitória.

Protagonistas de uma das maiores rivalidades interestaduais nos últimos anos, Corinthians e Inter se enfrentam hoje, às 20h, no Itaquerão, com a missão de tentar salvar um planejamento de muitos erros e poucos acertos em 2016. A diferença entre as equipes está no objetivo: o dono da casa ainda sonha com a classificação para a Libertadores e o outro quer se manter na Série A do Campeonato Brasileiro. Porém, para agravar o drama colorado, ontem, o Vitória bateu o figueirense por 4 a 0, rebaixou os catarinenses e abriu três pontos de vantagem sobre os gaúchos. Além disso, os baianos aumentaram a diferença também no saldo de gols.
A direção e a comissão técnica anteciparam a vigem para o sábado, treinando ontem no CT do Palmeiras, para ter mais tranquilidade. Além disso, para tentar motivar os jogadores, a direção promete uma boa premiação caso os jogadores consigam salvar o time do rebaixamento.
Para tentar o milagre e permanecer na elite do futebol nacional, o técnico Celso Roth foi demitido e a cartada final é Lisca, conhecido pelo seu estilo arrojado, "maluco" como é lembrado pelos clubes onde passou. No último trabalho,ele fechou o treinamento, indicando que pode fazer mudanças em relação ao time que vem de quatro jogos sem vencer no Brasileirão.
No treino de sábado, no Beira-Rio, Lisca manteve a mesma equipe escalada por Roth no empate com a Ponte Preta. O time teve Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, Eduardo Sasha, Anderson e Valdívia; Vitinho. Quem pode aparecer entre os titulares é o meia Seijas e o atacante Nico López. Na zaga, o questionado Paulão pode dar lugar a Eduardo, recuperado de lesão. Essa última mudança é menos provável.
Fonte: JC/RS
voltar
© Copyright 2019