Negada revisão extraordinária das tarifas de energia da RGE

A Agência Nacional de Energia Elétrica negou o pedido de revisão tarifária extraordinária da Rio Grande Energia (RGE). A concessionária fez o pedido em outubro. Alegou desequilíbrio econômico e financeiro. Entre os motivos, aumento do custo de energia de Itaipu com a alta do dólar.

A Aneel, no entanto, entendeu que os motivos não são suficientes para uma revisão. Acrescentou que as despesas apontadas estão sendo compensadas em 2016.

A RGE teve recuo médio de 3,76% nas tarifas de energia em junho passado, no reajuste anual. Mas, no início de 2015, houve uma revisão extraordinária, quando a tarifa subiu 35,5%.

voltar
© Copyright 2019