Nível da água em rios começa a baixar após chuva atingir parte do Rio Grande do Sul

O nível da água nos rios das bacias hidrográficas do Caí e Uruguai, que tiveram cheias devido à chuva que atingiu parte do Rio Grande do Sul nos últimos dias, começou a baixar neste domingo (17), segundo informou a Defesa Civil. Apesar das reduções, ainda há mais de 800 pessoas fora de casa de acordo com o órgão.

"Os rios estabilizaram e estão baixando devagar. Estamos em observação. A princípio, a tendência é só baixar", diz o sargento da Coordenação de Defesa Civil (Codec) Marcos Antonio de Oliveira Rocha.

Segundo o sargento, os níveis dos principais rios estão estáveis ou em baixa – salvo em alguns casos de leve elevação, mas sem relação com a chuva e sem perigo de novas cheias. "É normal subir um pouco", pontua.

Apesar da Defesa Civil ainda contabilizar que haja cerca de 200 famílias fora de casa, o que segundo estimativa do órgão equivale a aproximadamente 860 pessoas, o sargento reconhece que alguns já podem ter retornado aos lares. "Nossa orientação a eles foi esperar, mas alguns podem já ter voltado para casa."

Banhada pelo Rio Santa Maria, Dom Pedrito, na Região da Campanha, é a cidade com mais atingidos. A Defesa Civil contabiliza 20 famílias desabrigadas (que tiveram de ser alocadas no pavilhão do Sindicato Rural da cidade), e outras 81, desalojadas (que foram para casas de amigos ou familiares). Por volta das 12h, o nível da água estava caindo.

Em Quaraí, na Fronteira Oeste, 12 famílias ficaram desabrigadas e foram levadas ao ginásio municipal, e outras 57 estão desalojadas. Lá, o nível do Rio Quaraí estava em redução neste domingo. Na mesma região, a cheia do Rio Ibirapuitã deixou 11 famílias desabrigadas (levadas ao ginásio de uma escola) e outras 21 desalojadas.

voltar
© Copyright 2019