No reencontro com Falcão, Inter supera o Sport por 2 a 1

O time de Argel entrou em campo buscando se recuperar da eliminação do meio da semana na Copa do BrasilA tarefa de enfrentar o ídolo Falcão, técnico do Sport, foi superada com boa atuação do time do colorado na vitória por 2 a 1 com gols de Lisandro López e Rodrigo Dourado.

O Inter demorou para entrar no jogo e a equipe de Recife assustou o gol de Alisson, mas após os primeiros 10 minutos, o colorado se arrumou e teve em Lisandro López o seu principal fator de perigo. Anderson também apresentou bom futebol no primeiro tempo, mas ficou um pouco apagado na etapa final.

Lisandro chegou na frente do gol por diversas vezes, mas seu arremate parava no goleiro Danilo Fernandes ou na trave.

O primeiro tempo foi de placar em branco, mas com superioridade colorada. A equipe de Argel explorou tanto as laterais quanto o meio. Valdívia apareceu timidamente nos primeiros 45 minutos, mas teve um maior destaque no segundo tempo.

A polêmica do jogo ocorreu aos 18 minutos da etapa final com o gol colorado. Anderson cruzou da esquerda e Lisandro usou o peito para empurrar a bola, que bateu no rosto do goleiro Danilo Fernandes e retornou na cabeça do atacante e entrou abrindo o placar para Inter. Após muita reclamação dos jogadores do Sport, a arbitragem validou o gol. 

O gol de empate do esporte aconteceu aos 34 minutos em um contra golpe comandado por Diego Souza pela esquerda, invertendo para o centro e deixandoÉlber livre para igualar o marcador no Beira-Rio. 

Dois minutos após o gol do Sport, Valdívia fez grande jogada e com muito talento, se livrou do marcador com um lençol e colocou a bola em Rodrigo Dourado que arrematou sem chances para o goleiro e deixou o Inter na frente do placar novamente. 2 a 1 e muita festa na casa colorada. 

O time de Recife tentou colocar certa pressão no fim do jogo, mas não foi suficiente para empatar a partida. O inter conquistou três pontos no Beira-Rio e chegou aos 44 pontos.  Ficha técnica

Inter: Alisson; William (depois Léo), Paulão, Réver (depois Vitinho) e Ernando; R. Dourado, Nilton, Alex, Anderson (depois Silva); Valdívia e Lisandro López.

Sport: Danilo Fernandes; S. Xavier, M. Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (depois Régis), Diego Souza, Marlone e Maikon Leite (depois Élber); André (depois André). 

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Farinha (RJ)

voltar
© Copyright 2019