Pardais voltam a operar nas estradas estaduais do RS; confira a lista de rodovias

A fiscalização em 13 rodovias estaduais volta a ser feita por controladores de velocidade a partir desta sexta-feira (9). Os pardais irão monitorar 93 faixas de tráfego.

Além desses aparelhos, 25 câmeras e 25 dispositivos leitores de placas (“optical character recognition” ou OCRs) foram implantados para auxiliar no rastreamento de veículos roubados.

“O principal objetivo é educar os motoristas, fazendo com que eles reduzam a velocidade nos locais onde os estudos apontam maior risco de acidentes”, afirma o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.

O governo do Estado investiu R$ 5,8 milhões na manutenção e operação dos equipamentos, que serão realizadas pelas empresas Perkons e Fiscaltech, vencedoras do pregão eletrônico. Os contratos têm validade de dois anos, podendo ser prorrogados por mais dois. A fiscalização é feita pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

“Apesar de os trechos serem divulgados e de as rodovias serem sinalizadas, não citamos os quilômetros exatos onde estão os pardais, que são equipamentos discretos. A finalidade é preservar a segurança dos usuários”, explica o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino.

Combinados, os três equipamentos devem aumentar a segurança no trânsito e coibir os roubos, acredita o diretor.

“O sistema emite um alerta sonoro quando é identificada alguma irregularidade. Dessa forma, os agentes do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) podem abordar indivíduos suspeitos. É mais uma ferramenta que o estado disponibiliza para combater a criminalidade”, aponta.

Confira em quais são as rodovias onde serão instalados os equipamentos por empresa:

 

Perkons: receberá R$ 3,9 milhões pela fiscalização eletrônica nas sete estradas e pelas 16 câmeras e 16 dispositivos leitores de placas implantados

Pardais

  • ERS-030 (Osório–Tramandaí)
  • ERS-040 (Viamão–Pinhal)
  • ERS-122 (Portão–Caxias do Sul)
  • ERS-239 (Novo Hamburgo–Rolante)
  • ERS-240 (São Leopoldo–Montenegro)
  • ERS-389 (Osório–Torres)
  • RSC-453 (Venâncio Aires–Tainhas)

 

Câmeras de monitoramento

  • ERS-030 (Osório–Tramandaí)
  • ERS-040 (Viamão–Pinhal)
  • ERS-122 (R. do Cascalho–Caxias do Sul)
  • ERS-239 (Novo Hamburgo–Rolante)
  • ERS-240 (Vila Scharlau–Montenegro)
  • ERS-389 (Osório–Torres)
  • RSC-453 (Venâncio Aires–Tainhas)

 

OCRs

  • ERS-020 (Taquara–São Francisco de Paula)
  • ERS-030 (Osório–Tramandaí)
  • ERS-040 (Viamão–Porto Alegre)
  • ERS-122 (São Vendelino–Bom Princípio)
  • ERS-122 (Caxias do Sul–Farroupilha)
  • ERS-122 (Farroupilha – Caxias do Sul)
  • ERS-129 (Roca Sales–Pelotão Rodoviário)
  • ERS-235 (Nova Petrópolis–Gramado)
  • ERS-239 (Campo Bom–Sapiranga)
  • ERS-239 (Aricá–Sapiranga)
  • ERS-240 (Montenegro–Pareci Novo)
  • ERS-331 (Pinhalzinho–Marcelino Ramos)
  • ERS-344 (Giruá–Santo Ângelo)
  • ERS-514 (Palmeira das Missões–Ijuí)
  • ERS-561 (16 de Novembro–São Nicolau)
  • RSC-472 (Santo Cristo–Porto Vera Cruz)

 

Fiscaltech: R$ 1,9 milhão para o monitoramento de 25 faixas de tráfego, além de ser responsável por nove câmeras e nove dispositivos com leitores de placas

Pardais

  • ERS-135 (Passo Fundo–Erechim)
  • ERS-324 (Passo Fundo–Nova Prata)
  • ERS-342 (Ijuí–Cruz Alta)
  • RSC-153 (Passo Fundo–Tio Hugo)
  • RSC-287 (Montenegro–Santa Maria)
  • ERS-122 (São Vendelino–Farroupilha)
  • RSC-453 (Farroupilha–Bento Gonçalves)

 

Câmeras de monitoramento

  • ERS-122 (São Vendelino–Farroupilha)
  • ERS-135 (Passo Fundo–Erechim)
  • ERS-324 (Passo Fundo–Nova Prata)
  • ERS-342 (Ijuí–Cruz Alta)
  • RSC-287 (Montenegro–Santa Maria)
  • RSC-453 (Farroupilha–Bento Gonçalves)

 

OCRs

  • ERS-265 (BRS-116–São Lourenço do Sul)
  • ERS-734 (Centro de Rio Grande–Cassino)
  • RSC-287 (Taquari–Santa Cruz do Sul)
  • RSC-287 (Santa Cruz do Sul–Taquari)
  • RSC-287 (Novo Cabrais–Paraíso do Sul)
  • RSC-377 (Santiago–São Francisco de Assis)
  • RSC-377 (Alegrete–São Francisco de Assis)
  • RSC-453 (Lajeado–Teutônia)
  • RSC-453 (Westfália–Lajeado)

 

G1 RS
voltar
© Copyright 2019