Policia Civil prende autor de latrocínio ocorrido em Ijui na segunda-feira

No último domingo(31), por volta das 15h, um grave delito abalou a cidade de Ijuí: Beto cabeleireiro, conhecido, famoso e muito querido por toda a comunidade ijuiense foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

O corpo foi achado no início da segunda e imediatamente se iniciaram as diligências investigatórias pela competente, dedicada e muito profissional equipe de agentes policiais da 2a Delegacia de Polícia de Ijuí.

No início da tarde de hoje, diante da diversidade, quantidade e qualidade dos elementos probatórios colhidos aos autos do Inquérito Policial pelos agentes da seção de investigação, o Delegado de Polícia, Gustavo Rodrigues Arais, representou pela prisão preventiva do autor dos fatos, que no interrogatório confessou a prática do grave crime (pena de 20 a 30 anos de reclusão), pleito que teve rápido parecer do Ministério Público e ágil deferimento do Poder Judiciário (aqui novamente agradecemos publicamente os juízes, promotores e estendemos o cumprimento a todos funcionários respectivos, pela celeridade, fundamental, pois, informalmente o preso disse que “se não me pegassem agora eu fugiria em seguida para Porto Alegre”).

O autor dos fatos tem 27 anos de idade, é natural daqui de Ijuí, tem antecedentes criminais por roubo, furto e receptação, esteve preso por 7 anos, saiu no dia 28 de maio em livramento condicional e dias após cometeu esse hediondo delito.

Após os trâmites legais será encaminhado à Penitenciária Modulada de Ijuí e o respectivo procedimento policial será remetido ao Fórum local no prazo legal (em no máximo 10 dias).

www.pc.rs.gov.br
Proteger & Servir

Att.
Gustavo Rodrigues Arais
Delegado de Polícia Titular da 2a DP/Ijuí

Observação:

Em razão das peculiaridades do caso em concreto, NÃO serão divulgadas maiores informações, nem respondidas quaisquer outras perguntas.

voltar
© Copyright 2019