Polícia procura professora universitária de São Borja que está desaparecida

A Polícia Civil apura o desaparecimento de uma professora universitária de 34 anos em São Borja, na Fronteira Oeste. Segundo o relato da família, o último contato de Priscila de Lima Corrêa foi na sexta-feira, quando ela afirmou que viajaria de ônibus até o município de Jaguarão, para encontrar o marido. 

O marido de Priscila foi quem fez o registro na polícia. Ele disse que a mulher ligou pela última vez também na sexta, afirmando que havia descido do ônibus em Santa Maria, para embarcar em um segundo coletivo e seguir viagem. 

Imagens de câmeras de monitoramento da rodoviária de Santa Maria são analisadas pela polícia. Amigos e parentes já foram ouvidos, mas ainda não há pistas sobre o paradeiro da professora.

O delegado Marcos Vianna diz ainda não ter ideia do que pode ter ocorrido, já que não havia nenhum problema familiar da professora e nenhum indício foi encontrado. "Vamos seguir buscando pistas para localizar, mas até o momento não há nada que auxilie", comenta.

Qualquer informação deve ser repassada via 190 ou 197. 

voltar
© Copyright 2019