Pottker marca duas vezes, e Inter goleia o São José no Beira-Rio

Em partida antecipada da 10ª rodada, o Inter bateu o São José no Beira-Rio por 4 a 0 e, agora, assumiu a terceira colocação do Campeonato Gaúcho, com 12 pontos. Patrick e Pottker foram os destaques da partida, que teve dois gols de Pottker, um de D’Alessandro e outro de Klaus. Na próxima quinta-feira (15), o Inter recebe o Juventude. No dia 21, tem a decisão contra o Remo pela segunda fase da Copa do Brasil, no Mangueirão.   

 



Antes do jogo, homenagens a Leandro Damião, pelas suas 200 partidas com a camisa do Inter, além do minuto de silêncio à Eva Sopher. Com um minuto de jogo, cartão amarelo para Edenilson por falta em Felipe Guedes. Os minutos iniciais foram de erros de passes do Inter e de presença constante do São José no campo colorado. O pedido de Rafael Jaques a seus jogadores era claro: se chegar nas cercanias da área, chute a gol.

 



O Zequinha estava à vontade no Beira-Rio. Aos 11 minutos, mais uma falta dura, mais um amarelo, agora para Victor Cuesta. Pottker recuava até a linha dos volantes, D’Alessandro corria para o lado esquerdo, o Inter tentava soluções para atacar. Até que Patrick, aos 14 minutos, deu o primeiro chute colorado a gol, mas parou em uma boa defesa de Fábio.

 



A resposta foi imediata. O São José trabalhou a bola desde a ponta direita até ao lado esquerdo e Matheuzinho chutou rente ao travessão. O jogo seguiu assim até os 23 minutos. Pottker foi para a esquerda, a fim de se juntar ao lado mais forte de ataque da sua equipe. Foi quando o jogo virou. Patrick recebeu de Leandro Damião, na área, e imediatamente passou para Pottker bater cruzado, sem chances para Fábio.

 



Com o 1 a 0, o Inter permitiu que o adversário voltasse à carga e se postou atrás (por vezes com os 11 jogadores na defesa) para o contra-ataque. Em um deles, Patrick arrancou desde o seu campo e deixou Pottker na cara do gol, mas o camisa 99 bateu mal, em cima de Teco.

 



A ordem era “bola no Pottker”. Victor Cuesta tentou uma ponte aérea defesa-ataque com William Pottker, que chegou a tirar o goleiro do lance, mas se precipitou na conclusão e desperdiçou o gol. Em seguida, foi D’Alessandro quem lançou o atacante, mas Pottker e Patrick acabaram desarmados.

 



Até que aos 42 minutos, o destaque do Inter em campo resolveu ser garçom. Pottker buscou a bola na linha de fundo, passou por Dudu Mandai e encontrou D’Alessandro, livre, na entrada da área. O argentino concluiu em curva, no canto esquerdo de Fábio: Inter 2 a 0.

 



– Temos de manter o foco no segundo tempo para sair com um bom resultado – disse Pottker, no intervalo.

 



No segundo tempo, de cara o São José recuperou a bola e Porcellis encontrou Clayton, que bateu de primeira e viu Danilo Fernandes salvar o gol. A resposta colorada chegou em cruzamento de Iago para Leandro Damião que, quase na pequena área, teve o chute defendido por Fábio.

 



Apesar do susto inicial, o Inter seguia mandando na partida. Passou a criar e a desperdiçar chances de gol. O São José não conseguia mais ameaçar como antes e passou a viver de cruzamentos esporádicos para a área.

 



Mesmo na metade do segundo tempo, o jogo parecia definido. Odair Hellmann sacou Dudu e mandou Juan a campo, com Edenilson se transformando em lateral-direito. O Inter seguiu em cima e, aos 27 minutos, Patrick mandou uma bomba, que foi defendida por Fábio.

 



Em noite de Pottker, o camisa 99 transformou a vitória em goleada, depois que Fábio fez mais uma grande defesa, e ele pegou o rebote e empurrou para marcar o terceiro. Com o jogo definido, Klaus ainda fez mais um. Em novo rebote: 4 a 0.

 



Após a fraca apresentação no empate com o Boavista, os titulares do Inter fizeram um jogo consistente. E bateram o São José com autoridade.  

 



Gauchão – 10ª rodada – 8/2/2018

 



INTER

 



Danilo Fernandes; Dudu (Juan, 23’/2º), Klaus, Victor Cuesta (A), Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson (A), D'Alessandro (Camilo, 39'/2°), William Pottker, Patrick; Leandro Damião (Roger, 35’/2°)

 



Técnico: Odair Hellmann

 



SÃO JOSÉ

 



Fábio; Marcel, Rafael Goiano, Teco (João Pedro, int.), Dudu Mandai; Éverton Alemão, Felipe Guedes, Clayton, Rafinha; Matheuzinho (Kelvin, 26’/2°) Rafael Porcellis (Canhoto, 16’/2°)(A).

 



Técnico: Rafael Jaques

 



Gols: Pottker (I), aos 23min e aos 44min do segundo tempo, D’Alessandro (I), aos 42min do primeiro, e Klaus aos 48min do segundo

 



Público: 9.306 (com 7.452 pagantes)

 



Renda: R$ 232.650 

 



Arbitragem: Jean Pierre Lima, auxiliado por André Bitencourt e Luiza Reis

 



Local: Estádio Beira-Rio

 



Próximo jogo

 



Gauchão – 15/2

 



Quinta-feira

 



Inter x Juventude

 



Beira-Rio 

 



19h15min

Fonte: Gaúcha ZH

Postado: Rafa Nunes 

 

 

 

voltar
© Copyright 2019