Prefeita de Cruz Alta reduz 5 secretarias e gera economia de R$ 3,6 milhões

A lei que prevê a nova estrutura organizacional da Prefeitura foi aprovada por unanimidade pela Câmara em sessão extraordinária realizada na manhã desta sexta-feira, dia 8. Houve uma redução de 13 para 8 secretarias o que implica em uma economia de mais de 3,6 milhões aos cofres públicos nos quatro anos de mandato.

“Essa nova estruturação da Prefeitura é para garantir a economicidade que vai tirar Cruz Alta do vermelho. As dívidas somam mais de 120 milhões, por isso é necessário equilibrar as contas com muita seriedade para que se possa fazer os investimentos necessários para que a cidade volte a crescer. Moralidade, competência e muito trabalho são os princípios que vão nortear nosso governo”, ressaltou a Prefeita Paula Rubin Facco Librelotto.

Mesmo com a diminuição das secretarias o trabalho continuará o mesmo, uma vez que foi feita a extinção das nomenclaturas e não dos serviços, explicou Dra Paula. “Todos os serviços continuarão sendo realizados para a população, bem como os programas e projetos de esporte, lazer, cultura, habitação, entre outros”.

Foto: Noroeste Online

voltar
© Copyright 2019