Preparador físico do Inter defende pausa: “Diminui o estresse emocional”

Os dez dias de pausa que o Inter tem desde sábado, quando enfrentou o Sport, pelo Brasileirão, não será importante apenas para colocar a preparação física em dia, de acordo com o coordenador da área, Élio Carravetta. O profissional destaca que, enquanto o Brasileirão estiver parado para a disputa de dois jogos das Eliminatórias, os jogadores poderão também se recuperar emocionalmente.

"Este período diminui o estresse emocional por parte dos jogadores. Eles se restabelecem emocionalmente", defendeu Carravetta.

Nesta segunda-feira (5), o grupo recebeu folga – no domingo, também tiveram o dia livre. Porém, a partir de quarta, os treinos serão em dois turnos até sábado. O coordenador da preparação física colorada explica que, mesmo com uma carga de trabalhos mais intensa, as atividades pouco destoarão do habitual.

"É um período curto dentro da temporada, continua dentro de um período competitivo. Não pode fugir muito da rotina e da proposta dos treinamentos competitivos. A gande vantagem que eu vejo é a possibilidade de o Argel ter um maior contato, junto com a comissão técnica, em relação aos treinamentos e provocar, em conjunto, estímulos de uma forma mais contínua", explicou. 

No treino da tarde de terça, D'Alessandro será reintegrado ao grupo de jogadores. Ele se recupera de hérnia de disco. "O D'Alessandro reinicia amanhã a fase de retreinamento. Acredito, pelo estado de treinamento dele e pelo tempo em que fez tratamento fisioterápico, que ele terá uma boa recuperação", projetou.

voltar
© Copyright 2019