Presidente da Assembleia Legislativa destaca a preocupação com os efeitos a médio e longo prazo da paralisação das atividades econômicas

Em entrevista à Rádio Águas Claras, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo, comentou sobre a situação vivida no Estado e municípios quanto à paralisação das atividades não essenciais por conta da pandemia do novo Coronavírus.

Segundo Ernani, “estamos participando da construção de ações para minimizar os prejuízos, mas da mesma forma estamos muito preocupados com os efeitos que essa paralisação irá trazer ao Estado e ao país no presente e no futuro. Já sentimos os reflexos agora, e eles serão mais impactantes no futuro por conta da redução drástica das atividades econômicas”, previu o parlamentar.

Para o presidente da AL, “sabemos que a prevenção precisa ser feita, mas não podemos descuidar do outro lado, que é a engrenagem que movimenta a economia, pois todos estão sendo afetados, desde o pequeno até o grande empresário, e isso sem falar no trabalhador autônomo, pois este está sem renda. Por isso, precisamos ficar atentos para fazer com que a economia volte a funcionar, pois esse travamento vai trazer consequências, inclusive na prestação de serviços essenciais”, explicou Polo, citando inclusive o problema ocorrido em alguns municípios com produtores: “Foi dado alguns comandos em municípios que dificultavam o recebimento de grãos, e sabemos que o tempo espera o agricultor. Então, destacamos que os cuidados com a saúde são importantes, principalmente para as pessoas dos grupos de risco, mas não podemos engessar os serviços de tal forma que gere uma paralisia, pois veremos em pouco tempo consequências desastrosas para o Estado e país”, ressaltou o parlamentar.

voltar
© Copyright 2019