Renan Calheiros afirma que Congresso deve entrar em recesso normalmente

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou, nesta quinta-feira, que não há necessidade deconvocação do Congresso durante o recesso parlamentar. Segundo ele, o Congresso já fez a sua parte qualificando o ajuste e votando matérias orçamentárias e não há justificativa para convocação com uma pauta limpa.



"A pior coisa que pode acontecer para o Congresso é uma convocação no recesso sem ter uma maciça presença dos deputados e senadores e não ter uma pauta efetiva e urgente que justifique a necessidade da convocação", definiu. Renan disse que a convocação só aconteceria devido a uma decisão do Supremo Tribunal Federal.



O presidente do Senado havia afirmado mais cedo que as orientações do STF sobre o rito do impeachment poderiam provocar alguma alteração de agenda. Com as decisões que vetaram o voto secreto e as candidaturas únicas para a Comissão Especial na Câmara dos Deputados, o período de recesso deve ser iniciado no próximo dia 22.

voltar
© Copyright 2019