Renato comanda coletivo e indica Ramiro na lateral contra a Chapecoense

O volante Ramiro deve ser improvisado na lateral-direita do Grêmio, no jogo de domingo, contra a Chapecoense, pelo Brasileirão. Em coletivo realizado nesta quinta, o técnico Renato Portaluppi indicou que o meio-campista será o substituto do lateral Edílson, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Um dia após a dramática classificação na Copa do Brasil, apenas os reservas participaram do treinamento com bola no CT Luiz Carvalho. Com três titulares suspensos, Renato aproveitou para testar alguns substitutos pensando no jogo do Campeonato Brasileiro.

Além de Edílson, o zagueiro Kannemann e o volante Maicon também são desfalques contra a Chapecoense por conta do terceiro cartão amarelo. No coletivo, Renato posicionou no primeiro time os jogadores Ramiro, Wallace Reis e Jaílson. Esses três devem ser as novidades no domingo.A dúvida principal, no entanto, está no ataque. No jogo contra o Atlético-PR, além da má atuação, o centroavante Henrique Almeida xingou um grupo de torcedores e deixou a Arena muito vaiado. Para preservar o atleta e evitar uma bronca da torcida com o time, a tendência é que o atleta deixe a equipe titular.

Nesta hipótese, como o atacante Everton ainda está em recuperação de dores no púbis, Renato provavelmente terá que recorrer à garotada. As opções mais prováveis para o lugar de Henrique são justamente os dois jovens que entraram no segundo tempo contra o time paranaense: Guilherme e Batista.

O time que trabalhou no coletivo dos reservas nesta quarta (22): Bruno Grassi; Ramiro, Rafael Thyere, Wallace Reis e Iago; Kaio e Jaílson; Tilica, Lincoln e Guilherme; Batista.

A provável escalação para a partida de domingo, contra a Chapecoense: Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Walace e Jaílson; Pedro Rocha, Douglas e Guilherme ((Batista); Luan.

ZERO HORA

voltar
© Copyright 2019