Rio Grande do Sul tem as contas novamente bloqueadas pela União

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) foi comunicada na tarde desta segunda-feira (11) de mais um bloqueio das contas do Estado pela União. A sanção vem sendo aplicada mensalmente desde agosto do ano passado, com exceção de dezembro.

Em abril, o Piratini passou a atrasar o pagamento da dívida. A punição já era aguardada pela equipe econômica do governo, que encaminhou recursos às áreas da saúde e segurança nesta segunda.

A previsão da Sefaz é de que as contas já poderão ser liberadas amanhã. É aguardado o ingresso de recursos advindos do ICMS da substituição tributária; combustíveis; telefonia; e energia elétrica. O montante seria suficiente para cobrir o débito de R$ 272 milhões.

Ainda de manhã, a União chegou a fazer os repasses de R$ 53,2 milhões referentes à cota do FPE e de outros R$ 23,1 milhões do IPI-Exportação. Estes recursos foram igualmente utilizados para a primeira transferência feita ao longo da segunda-feira.

 

GAÚCHA
 
voltar
© Copyright 2019