RS registra mais 11 casos de dengue

Com mais 11 ocorrências importadas desde o fim de julho, o boletim atualizado pela Secretaria Estadual da Saúde revelou que chega a 1.251 o número de casos confirmados de dengue no Rio Grande do Sul em 2015. Desse total, 215 (17,2%) foram contraídos fora do Estado e 1.036 (82,8%) autóctones, sem que o paciente tenha viajado para outras regiões. Desde janeiro, a dengue afetou 596 homens e 655 mulheres.



A faixa etária de 20 a 59 anos registra 64,6% do total de doentes. Em todo o Rio Grande do Sul, só 86 casos haviam sido confirmados, até essa mesma época do ano, em 2014. A alta é de mais de 1.300%.



Nesta ordem, as cidades com maior número de casos até agora foram Caibaté (268), Santo Ângelo (254) e Panambi (228). Em 32 municípios, pacientes adoeceram sem viajar: Alvorada, Boa Vista do Sul, Caibaté, Campina das Missões, Carazinho, Cerro Largo, Entre-Ijuís, Erval Seco, Giruá, Guarani das Missões, Horizontina, Ibirubá, Ijuí, Mato Queimado, Novo Tiradentes, Osório, Panambi, Passo Fundo, Porto Alegre, Porto Xavier, Redentora, Rodeio Bonito, Rosário do Sul, Santa Rosa, Santiago, Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga, São Miguel das Missões, Sarandi, Torres, Três de Maio e Viamão.



Doença causou mortes neste ano



Pela primeira vez, em 2015 a doença provocou mortes no Rio Grande do Sul. As vítimas foram duas mulheres, em Santo Ângelo e Panambi. Em Porto Alegre, a Secretaria da Saúde registra 65 casos da doença entre pessoas que residem na cidade.

voltar
© Copyright 2019