Safra de soja cai 8%, mas produtividade é a segunda maior dos últimos 10 anos no RS

A safra de soja no Rio Grande do Sul teve uma redução de 8% na comparação com o ano passado, conforme os números divulgados nesta sexta-feira (27), no primeiro dia da Feira Nacional da Soja (Fenasoja), que ocorre em Santa Rosa, no Noroeste do estado. Ainda assim, a produtividade é a segunda maior dos últimos 10 anos.

De acordo com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), apesar da seca que atingiu parte do estado no verão, foram colhidas 17 milhões de toneladas no Rio Grande do Sul.

No país, a safra bateu recorde. As lavouras brasileiras produziram mais de 100 milhões de toneladas, o que representou um aumento de 0,7%, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na comparação com o ano passado.

Os destaques ficam para as regiões Norte e Noroeste do país, que tiveram aumento de mais de 100% em 10 anos, no volume gerado nas lavouras. O Rio Grande do Sul é um dos maiores produtores do grão, atrás apenas de Mato Grosso e Paraná.

O encerramento oficial da colheita da soja ocorreu nesta sexta, em Santa Rosa. A Fenasoja segue até o dia 6 de maio, com foco no agronegócio.

voltar
© Copyright 2019