Secretaria da Saúde confirma surto de dengue no Noroeste do Estado

Com 58 novos casos de dengue registrados no Rio Grande do Sul,a Secretaria Estadual de Saúde confirmou surto da doença no Noroeste do Estado. O número total de casos aumentou para 237, sendo 171 contraídos no Estado e 66 importados. 

O Rio Grande do Sul tem 142 municípios infestados pelo mosquito transmissor da dengue.  A maior parte deles fica na Região Noroeste, com 140 casos. O município de Caibaté, nas Missões, ainda é o que tem o maior índice de infecção pela doença, com 84 casos confirmados.

A coordenadora da Divisão de Vigilância Epidemiologia Miriam Ventura Corrêa, afirmou à Rádio Gaúcha que o número de casos configura surto nessa região do Rio Grande do Sul. 

" Nós temos sim um surto na região, pois a dengue é uma doença dinâmica e sazonal. O clima interfere. Estamos com uma força tarefa em todo o Estado para conter a doença", assegura.

Porto Alegre em alerta
A Vigilância em Saúde da Capital emitiu o segundo alerta epidemiológico de 2015 na segunda-feira (13), em função do alto nível de infecção e risco de contaminação pela dengue. Porto Alegre tem 26 casos confirmados somente neste ano. Em todo o ano passado, foram 23 casos.

Na última terça-feira (14), a vigilância fez duas ações de bloqueio de transmissão da dengue na Capital. Pela manhã, houve aplicação de inseticida em parte do Bairro Hípica, na zona sul; à tarde, a ação foi feita no Bairro Santana, onde foi confirmado mais um caso importado de dengue.

Na Hípica, a ação ocorreu porque o morador do Bairro São José, que teve confirmação da doença, trabalha em um estabelecimento comercial da região.

voltar
© Copyright 2019