Seminário capacita municípios e agroindústrias familiares ao novo Susaf

Com o intuito de contribuir para o fortalecimento dos municípios e esclarecer as alterações na lei que dispõe sobre o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf/RS), a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) promoveu, nesta quinta-feira (25), o Seminário Novo Susaf.



Voltado para prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais de agricultura, vereadores, veterinários e demais agentes envolvidos no tema, o encontro orienta sobre os novos procedimentos para aderir ao sistema. O diretor do Departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria da SDR, José Alexandre Rodrigues, falou sobre documentação e exigências para as agroindústrias, vistorias orientativas e a estruturação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). As prefeituras que já possuem o SIM regulamentado podem solicitar a adesão ao Susaf, desde que cumpram o que está estabelecido em lei.



"O novo Susaf possibilita ganho econômico, que reflete em todo o estado, sem esquecer da qualidade e inocuidade dos produtos em benefício da saúde das pessoas", comentou o secretário da SDR, Tarcisio Minetto.

Durante o seminário, também foi apresentado um passo a passo de como os municípios deverão fazer o encaminhamento, onde solicitar e quais são os novos prazos.



Como benefício, os municípios que aderirem ao Susaf têm a viabilidade de ampliar o mercado e desenvolver a agroindústria familiar; agregar valor, renda e emprego ao comércio local; ampliar a formalidade dos estabelecimentos; garantir a segurança alimentar; e diminuir o comércio irregular, assegurando maior controle do produtos e fiscalização do processo.



Texto: Nathalie Sulzbach, com informações da Famurs

Edição: Gonçalo Valduga/Secom

voltar
© Copyright 2019