Senado deve criar CPI para investigar tragédia em Mariana

O Senado poderá criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as causas e consequências do rompimento das barragens da mineradora Samarco em Mariana (MG). O requerimento pedindo a abertura da CPI foi lido na sessão plenária da noite desta terça-feira (24) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.

A instalação da comissão foi encaminhada pela senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), e já possui 47 assinaturas. Para a abertura das investigações, é necessário o apoio de 27 senadores.

A CPI pretende apurar e analisar possíveis irregularidades na fiscalização e manutenção das barragens da mineradora Samarco. Além disso, também será investigado o desastre ambiental ocorrido pela lama composta de rejeitos de minério de ferro que, ao atingir o Rio Doce, provocou prejuízos à fauna e à flora da região, além do desabastecimento de água em diversos municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo.

 

Os senadores também prentende discutir sobre a situação de outros locais de mineração no Brasil.

voltar
© Copyright 2019