STJD deve definir até quinta-feira se acolhe pedido de anulação do Vasco contra o Inter

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deve decidir até esta quinta-feira se acolhe o pedido de anulação da partida entre Vasco x Inter, pela 36ª rodada do Brasileirão, após falha técnica do VAR. Se a decisão for favorável ao clube carioca, e o pedido seja protocolado, o caso ainda deverá passar por julgamento no pleno do STJD.

No entanto, a tendência é que a solicitação do Vasco seja negada. Isso porque, conforme diz a regra, em caso de falha técnica do equipamento, deve prevalecer a decisão do campo. Neste caso, a confirmação do gol de Rodrigo Dourado.

Procurado pela produção da Rádio Guaíba, o presidente do STJD, Otávio Noronha, preferiu não se manifestar sobre o caso. De acordo com ele, não é possível falar sobre um processo em andamento no Tribunal.

O lance polêmico aconteceu no primeiro gol do Inter na vitória por 2 a 0 sobre o Vasco, no domingo. Ainda na etapa inicial, após cobrança de falta, Rodrigo Dourado, em posição alegada de impedimento pelo jurídico do Vasco, marcou o gol. Por conta de uma falha técnica, admitida inclusive pela empresa responsável pelo equipamento, o VAR não conseguiu checar o lance e o gol foi confirmado pela arbitragem. O equipamento, no entanto, estava funcionando no início da partida e voltou a operar em seguida ao lance.

Graças aos três pontos conquistados na vitória sobre o Vasco, o Inter permaneceu líder do Campeonato Brasileiro. O time colorado agora enfrenta o Flamengo no domingo, às 16h, em confronto direto pelo título. A partida, válida pela 37ª rodada do Brasileirão, acontece no Maracanã.

Correio do Povo

voltar
© Copyright 2019