TCU divulga lista com 133 pessoas inelegíveis no Rio Grande do Sul

O Tribunal de Contas da União (TCU) listou 133 pessoas que estão inelegíveis no Rio Grande do Sul. Por terem as contas rejeitadas pelo órgão, os citados podem ser impedidos de concorrer a cargos eletivos no pleito 2016 – a sanção depende de análise da Justiça eleitoral.

Entre os políticos com restrição estão o deputado estadual Valdeci de Oliveira (PT), o vereador e ex-prefeito de Canoas Marcos Ronchetti (PDT) e o titular da Superintendência Estadual de Portos e Hidrovias (SPH), Luiz Alcides Capoani.

Também foram incluídos o vice-governador na gestão de Antônio Britto (1995-1998), Vicente Joaquim Bogo (PSDB), e o ex-prefeito de Alvorada João Carlos Brum (PTB).

O TCU apontou que Valdeci Oliveira aplicou R$ 281 mil de forma irregular quando era prefeito de Santa Maria, em 2007. A situação, no entanto, não o impedirá de concorrer neste ano ao Executivo municipal.

"Tanto o TRE como o TSE julgaram improcedente o caso inelegibilidade, por isso não há possibilidade de eu estar inelegível", explicou Valdeci.

Em todo o país, o TCU identificou 6,7 mil inelegíveis. A lista completa está disponível no site do Tribunal.

voltar
© Copyright 2019