Trânsito do Rio Grande do Sul registra 14 mortes em 48 horas

O trânsito do Rio Grande do Sul registrou 14 mortes nas últimas 48 horas. O caso mais recente ocorreu em Bom Retiro do Sul, no Vale do Taquari, e vitimou um jovem de 18 anos.

Alan dos Santos estava em um Corsa que capotou no km 7 da RS-128, por volta da 1h50 deste domingo (22). O motorista do veículo – que se negou a fazer o teste de etilômetro – e outro passageiro ficaram presos às ferragens e precisaram ser resgatados pelos bombeiros.

Outras ocorrências no RS

Em Marau, no Norte do Estado, dois jovens morreram e outras quatro pessoas ficaram feridas após a colisão frontal entre uma caminhonete e um carro na RS-324, na madrugada de sábado. As vítimas foram identificadas como Ricardo Claus, de 23 anos, e Mateus Andreis, 21 anos.

Na Serra, um caminhoneiro foi preso após atropelar e matar um pedestre e fugir do local. O caso aconteceu na BR-470, em Bento Gonçalves, também na madrugada de sábado.

Ainda na região serrana, um adolescente de 16 anos morreu após colidir a moto que pilotava contra um ônibus em Caxias do Sul. A vítima foi identificada como Marcos Vinícius Araldi Pedroni.

Já na manhã de ontem, duas pessoas morrem na BR-392 em Porto Xavier, no Noroeste gaúcho. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem de 30 anos perdeu o controle de um veículo Gol, que saiu da pista e capotou. Ele e a passageira, de 52 anos, foram projetados para fora do carro, já que não usavam cinto de segurança.

Os outros acidentes com mortes ocorreram na BR-116, em Esteio e em Canoas; na BR-386, em Nova Santa Rita; e na BR-470, em Garibaldi. Nessa última ocorrência, a colisão envolvendo um caminhão e um carro deixou quatro pessoas mortas.

As vítimas foram identificadas como Jaci Arnaldo da Costa, 57 anos; João Miguel de Lima, 57 anos; Zaquen Soares de Camargo, 51 anos; e Marcu Weber, 44 anos. Os quatro eram colegas e prestavam serviços temporariamente para a Vinícola Aurora, de Bento Gonçalves.

GAÚCHA

voltar
© Copyright 2019