Uso de inseticidas no controle de lagartas cai 50% em lavouras do RS, aponta Emater

Os primeiros números divulgados do projeto 'Lavoura de Resultado' da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) são positivos e dão entusiasmo. Em um ano, o uso de inseticidas usados para o controle de lagartas caiu 50% em lavouras do Rio Grande do Sul. Agora, o objetivo é ampliar o trabalho junto aos pequenos produtores rurais.

A propriedade de Paulo Rodrigues foi uma das primeiras a participar do projeto da Emater que tem como objetivo reduzir o uso de inseticidas nas lavouras de soja. Desde a implantação, o pequeno produtor recebe o acompanhamento da engenheira agrônoma Larissa dos Reis. Juntos, eles trabalham do plantio até os resultados após a colheita.

"Desde o ano passado a gente ta fazendo esse monitoramento, e os resultados são bons. A gente fazia um controle, mas não eficiente. Agora, com esse monitoramento, a gente ta conseguindo controlar bem as pragas e doenças, e o resultado da lavoura tá aí, eu acho que a perspectiva é boa", explica o agricultor Paulo Rodrigues.

O projeto está sendo desenvolvido em 61 lavouras espalhadas por todo o estado.

"Tendo esse conhecimento do que ta acontecendo nós podemos controlar sim, sem perder a produtividade, mas diminuir a aplicação de inseticida com segurança que o rendimento final não será afetado", esclarece o engenheiro agrônomo regional da Emater, Gilberto Bortolini.

O objetivo agora da Emater é ampliar a assistência aos produtores dando informações desde a implantação da lavoura, pulverização e controle de pragas e colheita. "A Emater está trabalhando para orientar os agricultores sobre os três eixos: pulverização, plantio e colheita", finaliza o engenheiro.

Fonte: G1 RS

voltar
© Copyright 2019