VISITAS GUIADAS APRESENTAM OBRA DA PCH LINHA ONZE PARA ASSOCIADOS DA CERILUZ

Acontecem durante essa semana os Encontros de Comunidade 2024, da Ceriluz. Nesse ano com uma característica diferenciada em relação a anos anteriores, quando a Cooperativa se deslocava até às comunidades para reunir-se com seus associados. Dessa vez os encontros estão centralizados na comunidade da Linha Onze Oeste, interior de Coronel Barros. É lá que associados de vários municípios da região têm a oportunidade de conhecer a obra da PCH Linha Onze. “Estamos na etapa final da construção dessa usina e, portanto, precisávamos oportunizar aos nossos associados conhecerem esse empreendimento. Isso está acontecendo nessa semana”, explica o presidente da Ceriluz Geração, Guilherme Schmidt de Pauli, que está recepcionando os associados nas visitas. Após a visita guiada na obra ocorre reunião com a direção no pavilhão social da comunidade da Linha Onze, com encerramento às 17 horas.

Os associados que estão aderindo à visitação podem conhecer todo o empreendimento, incluindo barragem, minicentral, túnel adutor e casa de máquinas. Enquanto visualizam a obra, recebem as explicações do presidente Guilherme e do engenheiro civil Daniel Bitencorte, responsável pelo empreendimento. “É um empreendimento que nos trouxe grandes desafios, talvez o mais difícil, lidar com as condições de clima ao longo dos mais de dois anos de trabalho, onde registramos extremos como a estiagem e, agora, os altos índices de chuva”, avalia Daniel.

O clima também é um fator importante nas visitas, que iniciaram na segunda-feira, 20, e devem se estender até a sexta-feira, 24, sempre no período da tarde, iniciando às 14h pela área da barragem (acesso pela estrada da Linha 10 Oeste). As visitas só podem ser realizadas com condições climáticas favoráveis, por uma questão de segurança dos visitantes, uma vez que a visita acontece em área aberta e terreno acidentado. “Como estamos com poucos períodos de clima favorável nas últimas semanas, estamos avaliando cada encontro individualmente. Temos previsão de chuva essa semana, e caso haja necessidade, iremos cancelá-los, mas gostaríamos muito de seguir com nosso cronograma, para atingir o maior número possível de pessoas” garante Guilherme.

Uma das principais atrações é o túnel adutor, que entra em sua fase final. Já são 2.775 metros escavados (21/05) de um total de 2.930 metros. É uma das últimas oportunidades de vê-lo, uma vez que a previsão é de finalizá-lo em junho. Após, com o enchimento do lago, o túnel ficará submerso. Além do túnel, os trabalhos se concentram na construção da casa de máquinas, já com a instalação das primeiras estruturas e equipamentos de geração. A barragem já está concluída, restando apenas a instalação da ombreira direita, o que será feito após a conclusão do túnel. Essa usina terá uma capacidade instalada de 23,6 Megawatts.

Como participar – Além das excursões que foram formadas mediante inscrições prévias dos associados pelos canais de atendimento da Ceriluz e nos escritórios, associados que desejam comparecer com veículo próprio ainda podem fazê-lo, até sexta-feira, se as condições climáticas permitirem. Os organizadores pedem, no entanto, para fazerem contato com a Cooperativa pelos telefones 0800 051 3130 ou 0800 040 1010 ou pelo WhatsApp 3331 9101, e informar sua presença, para melhor organização do evento. Em caso de cancelamento pelas condições climáticas, isso será informado nas redes sociais da Ceriluz e nas emissoras de rádio da região.

voltar
© Copyright 2019